A partilha

 

Foi numa noite dessas que meu coração parou,

nem liguei a luz,

no escuro sentia melhor minha angústia,

peguei um papel e tratei de escrever

em meio à crise da minha existência.

 

Era muita falta, um peso muito grande

para uma pessoa muito pequenina.

Quem são meus amigos?

Onde estão meus amigos?

 

Eu estou sem minha outra parte…

Aquela que é a parte

de um todo.

 

Agora restou a parte

de um todo

vazio.

 

Clare

 “O todo sem a parte não é todo,
A parte sem o todo não é parte…”
(Gregório de Matos Guerra)

Published in: on Julho 14, 2008 at 2:33 am  Deixe um Comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://clareamente.wordpress.com/2008/07/14/a-partilha/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: