A um guerrilheiro…

 Era com toda vontade
toda garra guerrilhava.

Todo suor transpirava
na busca de suas idéias.

Era o cara que eu não conhecia
mas que recentemente admirava;

Que às vezes eu criticava
na glória da euforia.

O guerrilheiro agora pousa
nas flores que buscava…

Pois a liberdade repentina
veio a ti beijar…

Agora em outro lugar
sua guerrilha continuará.

< < Beijos. > >

Clareanna V. Santana, Sábado , 05 de Julho de 2008

Published in: on Julho 14, 2008 at 4:04 am  Deixe um Comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://clareamente.wordpress.com/2008/07/14/a-um-guerrilheiro%e2%80%a6/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: