Doce tentação

 

Sou anta,

sou fraca,

sou Anna

cheia de graça.

Anna Clara, Clareanna.

 

Sou o mel mais o fel…

Cruel!

Não sei o que é.

 

Ele veio,

foi,

hipnotizou.

 

Cadê ele?

Cadê você?

E eu, cadê?

 

Vou?

Vou?

Vão?

Tão certo.

Tão sujo…

Que fujo!

 

Mas penso em ir,

penso mesmo.

Um sonho antigo

quase esquecido,

mas revivido

numa simples proposta indecente.

 

Pois eu resisto a tudo,

menos às loucuras…

Minhas tentações

tão doces, tão duras.

Parece rapadura.

 

Clareanna Viveiros Santana, 05 de abril de 2008.

Published in: on Julho 14, 2008 at 3:30 am  Deixe um Comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://clareamente.wordpress.com/2008/07/14/doce-tentacao/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: