Meia Parte

 

 

Foi assim…

Totalmente desconfigurado…

Meu rumo, minha vida, minha música.

 

DES  COM          FI GU RA           DA!

 

Tão caótico quanto o livro da tia Claudinha,

Minha linda Claudia que nunca foi minha.

Tão estético quanto aquela figura que me desconfigurou

E nem sabe…

 

Está sendo assim, em minha vida, a calmaria está desconfigurada.

Tão cética, sem ética… Toda errada.

 

DES  COM                   JUN TU     RA              DA!

 

Sem eira, nem beira.

No clichê do meu dia-a-dia

No ‘blasé’ da melodia

Que tanto eu canto…

 

DES  CAN TA     DA!

 

Sou eu…

Sem eu…

Meia parte.

 

Clareanna V. Santana, 29/02/2008, 23h50min

Published in: on Julho 14, 2008 at 3:00 am  Deixe um Comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://clareamente.wordpress.com/2008/07/14/meia-parte/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: